Telefone

(11) 2119-0100 - (11)4411-1942
(11)4411-0016 - (11)97393-2407

Solicite seu orçamento sem custo

Estações de Tratamento de Esgotos



Estações de tratamento de esgoto Modular

O principal diferencial deste tipo de estação de tratamento é seu layout, pois em um único módulo horizontal, com compartimentos internos, ocorrem todas as fases do tratamento.

Dimensionamento

  • Tipo de Esgoto: Doméstico /orgânico
  • Vazão diária média de esgoto: trata de 10 a 100m³/dia
  • Concentração (DBO) média do esgoto bruto: 350 a 400mg/L
  • Eficiência na remoção de DBO: acima de 92%
  • Sistema de Aeração: Aeradores submersíveis ou compressor+difusores
  • Operação: Automatizada

O sistema é composto por módulo único em fibra de vidro, fabricado com resinas quimicamente resistentes e próprias ao contato com o meio agressivo.

O módulo contempla: reator aerado, decantador secundário e tanque de desinfecção, além de acompanhar sistema de aeração, bomba de reciclo de lodo e painel de comando.

Modular Contribuição per capita (l/hab.dia) e População atendida (usuários por módulo) Dimensões Básicas para cada módulo
Modelo Nº de módulos 160 130 100 90 80 70 50 25* 6** 2** Comprimento (m) Altura (m) Diâmetro (m) Peso (Kg)
D12 01 75 93 120 134 150 172 240 480 2000 6000 3,05 2,70 2,40 908
D20 01 125 154 200 223 250 286 400 800 3334 10000 4,45 2,70 2,40 1.167
D30 01 188 231 300 333 375 429 600 1200 5000 15000 6,55 2,70 2,40 1.510
D40 01 250 308 400 444 500 571 800 1600 6667 20000 5,95 3,30 3,00 1652
D50 01 313 385 500 556 625 714 1000 2000 8333 25000 7,40 3,30 3,00 1.871
D60 01 375 462 600 667 750 857 1200 2400 10000 30000 8,80 3,30 3,00 2.137
D70 01 438 539 700 778 875 1000 1400 2800 11680 35000 10,20 3,30 3,00 2.297
D80 01 500 615 800 889 1000 1143 1600 3200 13333 40000 11,60 3,30 3,00 2.528
D90 01 563 693 900 1000 1125 1286 1800 3600 15000 45000 13,00 3,30 3,00 2.726
D100 01 625 769 1000 1112 1250 1429 2000 4000 16667 50000 14,40 3,30 3,00 2.936
Aplicações Residência de padrão alto Residência de padrão médio Residência de padrão popular Hotéis (exceto lavanderia) Alojamentos provisórios Fábricas em geral Escritórios: Ed. Públicos, Ed. Comerciais e Escolares Restaurantes e similares Bares e boates Cinemas, Teatros, Casas de shows, ginásios esportivos (*) Contribuição per capita em l/refeição.dia
(**) Contribuição per capita em l/lugar.dia
COMO USAR A TABELA:
1. Defina a contribuição per capita, em função do uso dado à edificação atendida
2. Identifique o modelo a adotar, entre com a população na coluna correspondente ao per capita definido

O sistema é composto por:

  • Reator Bio Aerado;
  • Sistema de Aeração;
  • Decantador secundário;
  • Bomba de reciclo de lodo;
  • Painel de Comando elétrico;
  • Tanque de desinfecção;

Estação de tratamento modularEsse tipo de sistema pode ser instalado sobre o solo ou enterrado. Em ambas as situações, há a necessidade de execução de uma base em concreto cuja estruturação deve ser feita pelo cliente com base em sondagem de solo local.

Os reatores são dimensionados para que a remoção do lodo seja feita a cada 06 a 12 meses.

Recomenda-se a utilização de gradeamento (equipamento pode ser fornecido pela Delta).

A passagem do efluente de um equipamento a outro durante as etapas do tratamento contínuo se dá por ação da gravidade e os desníveis necessários para o funcionamento correto do sistema são previstos em projeto e considerados no interior dos reservatórios.

A instalação de uma estação elevatória de esgotos se faz necessária quando não houver cota suficiente para que a entrada do esgoto se dê por ação da gravidade.

Funcionamento:

O processo de tratamento empregado exige o funcionamento ininterrupto do aerador (sendo recomendada, portanto, a instalação de um aerador reserva). O aerador propriamente dito não requer acompanhamento com relação ao seu funcionamento, demandando apenas uma manutenção preventiva (filtros, nível de óleo) para o seu bom desempenho e prolongamento de sua vida útil. A comutação entre o sistema de aeração em operação e o reserva é automática e prevista em todos os painéis de comando, possibilitando a instalação do reserva em qualquer instante.

O esgoto doméstico proveniente do sistema de pré-tratamento (recomendável) é elevado à entrada do sistema por meio de uma estação elevatória de esgotos (EEE). Quando houver desnível suficiente entre a rede de coleta de esgotos e a entrada do sistema propriamente dito é preferível que esta se dê por ação da gravidade.

No primeiro compartimento, processo aeróbio, o tratamento ocorre na presença de replica watches microorganismos aeróbios, que sobrevivem e se desenvolvem no interior deste reator em função do suprimento de oxigênio garantido pelo sistema de aeração, dimensionado em virtude da vazão e características doefluente.

Ao atingir o decantador secundário o efluente é direcionado para o fundo do Fake Breitling mesmo para que, ao percorrer toda a sua dimensão, com uma baixa velocidade ascensional, os sólidos que inevitavelmente atingem essa etapa do tratamento, wigs sejam segregados do efluente final. À medida que essa concentração de sólidos no decantador secundário aumenta, um dispositivo de retorno de lodo é acionado automaticamente (painel de comando), fazendo a sua elevação e encaminhamento para o reator anterior, onde será estabilizado juntamente com o lodo.

Por fim, o efluente tratado verte em uma calha vertedoura e segue para o processo de desinfecção. A desinfecção é dada através do contato desse efluente com pastilhas de hipoclorito de cálcio. O tanque de contato é dimensionado para que o efluente tratado permaneça ali um mínimo de 20 a 30 minutos para que o processo de desinfecção seja efetivo.

  • Sistema misto modular - 413
  • Sistema misto modular - 414
  • Sistema misto modular - 389
  • Sistema misto modular - 390
  • Sistema misto modular - 22
  • Sistema misto modular - 23
  • Sistema misto modular - 24
  • Sistema misto modular - 25
  • Sistema misto modular - 26
  • Sistema misto modular - 357
  • Sistema misto modular - 358
  • Sistema misto modular - 359
  • Sistema misto modular - 385
  • Sistema misto modular - 386
  • Sistema misto modular - 387
  • Sistema misto modular - 388
  • Sistema misto modular - 391
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular
  • Sistema de tratamento misto modular

Faça o download do manual das Estações de Tratamento de esgoto em PDF

Equipamentos Periféricos




Telefone: (11) 2119-0100 - (11)4411-1942 - (11)4411-0016 - (11)97393-2407

Rodovia Fernão Dias, Km 42,5

Chácara Piratininga - Atibaia - SP - Cep: 12950-570

Desenvolvimento MW Way

Delta Saneamento - Todos os direitos reservados 2011