Telefone

(11) 2119-0100 - (11)4411-1942
(11)4411-0016 - (11)97393-2407

Solicite seu orçamento sem custo

Estações de Tratamento de Esgotos



3 questões sobre o meio ambiente que confundem muita gente

verdades sobre o meio ambienteO meio ambiente não se restringe unicamente às florestas, mares ou ao ar que respiramos. Ele engloba tudo o que nos rodeia, e existem alguns temas que causam bastante debate e dividem opiniões. Afinal, você já deve ter presenciado inúmeras discussões sobre o aquecimento global e se ele é real ou sobre como a poluição e a tecnologia fizeram o número de doentes de câncer explodir no mundo inteiro, não é mesmo?

O pessoal do site Cracked publicou um interessante artigo justamente sobre essas questões, e você pode conferir a seguir alguns esclarecimentos que podem ajudar você a entender um pouco melhor esses assuntos tão cheios de controvérsias:

1 – Descarte e renascimento

Enganam-se aqueles que acreditam que todas as garrafas pet (por exemplo) que vão para os centros de reciclagem são processadas para voltar ao mundo no mesmo formato. Isso porque não é só o plástico que acaba sendo processado — não se esqueça de que rótulos, cola, restos de bebida, fluidos corporais etc. não são totalmente eliminados —, portanto, apenas uma fração do produto final terá qualidade adequada para produzir uma garrafa decente.

Esse, aliás, é um grande problema para a indústria da reciclagem, pois significa que uma enorme variedade de produtos reciclados que compramos continua sendo fabricada com uma grande quantidade de matéria prima “virgem”. E essa questão da perda de qualidade não afeta apenas o plástico, pois, no caso do papel, por exemplo, o processo de reciclagem acaba rompendo as fibras que dão ao material aquela textura lisinha.

Por outro lado, existem outros materiais cujo processo de reciclagem praticamente não afeta a qualidade, como é o caso das latinhas de alumínio, que podem sim ser transformadas em latas novinhas em folha. Além disso, apesar de alguns materiais perderem sua qualidade, eles podem ser usados para outros fins, como na fabricação de embalagens, carpetes, tecidos etc.

2 – Clima e tempo

Existe uma pequena confusão entre clima e tempo, que é acentuada quando vemos nas notícias que nesta ou naquela localidade foi registrado o pior inverno em décadas ou a temperatura mais baixa de todos os tempos. O problema é que esses eventos levam muita gente a questionar se o aquecimento global realmente está acontecendo, e eles inclusive são usados como argumento pelos céticos.

Contudo, apesar desses eventos climatológicos, isso não quer dizer que as temperaturas no planeta não estejam realmente subindo. Para isso, basta fazer uma pequena viagem no tempo e conferir como eram os invernos de alguns séculos atrás e quais eram as temperaturas máximas que os termômetros marcavam durante os verões. Acontece que o aquecimento global afeta as condições meteorológicas do planeta, alterando o tempo e causando eventos extremos.

Assim, com o aumento da temperatura do oceano, ocorre um maior índice de evaporação que, por sua vez, resulta em mais chuvas ou, em alguns casos, mais neve. Além disso, o derretimento do gelo no Ártico, por exemplo, pode estar afetando a corrente de jato que circula na região, tornando-a mais fraca, e acredita-se que o vórtice polar que congelou o hemisfério norte recentemente possa ser uma consequência disso.

3 – Vida moderna e câncer

Basta olhar ao redor para ver que estamos cercados por produtos fabricados com compostos químicos de nomes estranhos, dispositivos que emitem radiação, alimentos recheados de substâncias artificiais e muita poluição. Portanto, deve ser por conta desses aspectos que o número de doentes de câncer não para de aumentar, não é mesmo? Então, avaliando os dados estatísticos com um pouco mais de cuidado, percebemos que não necessariamente.

O principal fator de risco para o surgimento do câncer é a idade, e, como você sabe, nos últimos anos a expectativa de vida subiu dramaticamente. Isso significa que existem bem mais idosos no mundo atualmente, portanto, o número de doentes também aumentou. Apesar de que, conforme envelhecemos, maior é o número de elementos carcinogênicos aos quais somos expostos ao longo da vida, a doença não surge exclusivamente por conta dessa exposição.

É claro que isso não significa que você deva baixar a guarda e não cuidar da alimentação, banir o filtro solar ou coisa parecida, pois dessa forma você estará aumentando o risco de desenvolver a doença. Por outro lado, também não devemos culpar unicamente o nosso estilo de vida pelo aumento dos casos de câncer.

FONTE(S) Cracked  Inmet  Mega curioso
IMAGENS Shutterstock




Telefone: (11) 2119-0100 - (11)4411-1942 - (11)4411-0016 - (11)97393-2407

Rodovia Fernão Dias, Km 42,5

Chácara Piratininga - Atibaia - SP - Cep: 12950-570

Desenvolvimento MW Way

Delta Saneamento - Todos os direitos reservados 2011